Menu

The Journaling of Larkin 349

firedmetal16's blog

Maneiras De Renovar A Decoração Da Casa Gastando Insuficiente

CONSTRUÇÃO E REFORMAS MULTEFFECT


O casal proprietário deste apartamento de 70 m² no bairro do Morumbi até que tentou decorar o living sem ajuda de profissionais. Porém, após um tempo, concluíram que a empreitada era muito mais difícil e custosa do que imaginaram. Foi no momento em que recorreram ao escritório GF Projetos, da arquiteta Gabrielle Fuzinato.


“Quando eles compraram o imóvel, Planeje A Proteção Do Seu Patrimônio . Todavia pela data eles acabaram decidindo fazer a decoração por conta própria. Quase seis anos depois eles entraram em contato através do nosso Instagram e aí demos começo aos trabalhos”, lembra ela. Tecidos leves e claros marcam a transformação de cores do apartamento. E foi assim sendo que, passados dois meses, sem mudar cada ponto da planta original, o espaço enfim adquiriu a estrutura e a atmosfera que o casal em tão alto grau ansiava. “Fizemos a decoração, a pintura, a iluminação, o desenho de quase todos os móveis”, explica Gabrielle.


O Home Office Weekend, das arquitetas Monise Rosa e Isabella Narchi, é um local para lazer e trabalho. No Chalé do Velejador, assinado por Selma Tammaro, o living tem decoração em cores neutras. O living com ambientes integrados e revestimento em cimento queimado no piso, parede e teto forma uma caixa cinza.


Pra aquecer visualmente o estilo gelado do cimento queimado, o arquiteto Diego Revollo que assina o projeto de reforma do Loft Real Park, utilizou madeira cumaru nas portas de entrada e do lavabo. Imediatamente a estante vazada foi executada em pau-ferro natural pela Donalou Marcenaria. As arquitetas Gabriella Saback e Ana Paula Munhoz montaram a Sala Íntima, um ambiente predominantemente em tons claros e neutros, com pontuais elementos retrô.


Pela área do mezanino pela moradia de montanha, a arquiteta Flávia Quintanilha projetou o escritório, de onde é possível notar toda a movimentação pela casa. Quarto Aconchegante E Funcional O Dia (no centro da imagem), da linha Seixos da Villagres, faz fonte aos elementos localizados no fundo dos rios. A Residência Maracanã, com projeto arquitetônico do escritório Terra e Tuma, possui pé-correto de 5,quinze m proporcionando a instalação de um mezanino no nível da via, onde estão a garagem e a entrada da residência.


Com o propósito oferecer unidade ao projeto nos dois níveis do apartamento duplex, foram selecionados paleta de cores e instrumentos restritos e essencialmente sóbrios. Pra oferecer a emoção que o pé-justo é mais grande, foram retirados os rodapés das paredes. Pelo pedido do freguês, as tonalidades do vermelho foram largamente exploradas pela arquiteta Cristiane Schiavoni para a decoração do recinto. Nas casas projetadas por Cristián Undurraga em Zapallar, no Chile, o peso do concreto foi aliviado pelo exercício extensivo do vidro emoldurado por esquadrias de alumínio.


Valorizando ainda mais a arquitetura, nos interiores das Casas del Horizonte buscou-se usar poucos ornamentos, evidenciando o concreto aparente. O pilar compõe um nicho com a lareira e a escada de acesso ao pavimento superior. Na sala de estar, o vão sob a escada foi aproveitado para a construção de um recanto com peças artesanais. Piso vinílico no modelo madeira, da Highco Revestimentos, e mobiliário Fernando Jaeger e Tok&Stok compõem a área social.


O espaço de estar dá um clima compreensivo dado na lareira cujo desenho valoriza o emprego de volumetria.O mobiliário do local é basicamente composto por peças do designer Fernando Jaeger e da Tok&Stok. Brindada por uma intensa luminosidade natural, que só é filtrada por persianas rolô instaladas nas amplas portas de correr com cinco metros, a sala é aconchegante.



  • Sete - Renove os estofados das cadeiras ou Sete Ideias Para Renovar A Decoração Da Sala - Moradia E Jardim

  • O tamanho da porta

  • Pendure os enfeites em um arco usando linha de nylon

  • Esse item requer qualquer cuidado especial

  • 10 Turismo 10.Um Fortaleza de São José do Macapá

  • Balanço Geral DF

  • Múltiplos padrões zoom_out_map

  • 3 Câmara de Audiência




  • A arquiteta Deborah Roig recorreu à madeira de demolição para delimitar a área da cozinha (8m²) nesse loft de 150 m². Repare que para conservar a unidade dos ambientes sociais ela usou um mesmo piso ebanizado. Em uma das paredes, o projeto previu a instalação do armário que embute a geladeira. No living da Residência no Grande de Pinheiros, a lareira foi realçada com revestimento de madeira de demolição (Galpão Demolições).


    O ambiente recebeu bem como tapete bege (Fanucchi Tapetes), tela assinada por Flávia Brunetti e cortinas de Luiz Decor, como elementos de decoração. As arquitetas Carolina Magalhães e Tatiana Pandolfi projetaram os 55m² do Quarto do Casal. No ambiente, uma divisória desenhada pelas profissionais segmenta os espaços de dormir e descansar e sustenta Tv's de ambos os lados. Pela sala de estar, as cores são trabalhadas em acessórios como cortinas e almofadas e o painel fotográfico confere um ar irreverente ao projeto.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.